Diretoria aprova parcelamento para quem ficou sem pagar PED-2015 por decisão judicial


Conforme acordado com as entidades representativas dos participantes, a Diretoria Executiva aprovou o parcelamento da cobrança do PED-2015 para aqueles que, entre 2018 e 2019, ficaram sem pagar as contribuições extras devido a decisões judiciais. A opção pelo parcelamento ficará disponível junto com a implantação do Novo PED, o que deverá ocorrer após a aprovação das patrocinadoras, Sest e Previc.

Leia mais acessando o link na lateral esquerda do blog!

Publicado por

Herval Filho

Conselheiro Deliberativo da Petros, eleito suplente na chapa de assistidos, juntamente com José Roberto Kaschel Vieira, para um mandato de 04 (quatro) anos , no período de 26/11/2019 a 25/11/2023.