Diretoria aprova parcelamento para quem ficou sem pagar PED-2015 por decisão judicial


Conforme acordado com as entidades representativas dos participantes, a Diretoria Executiva aprovou o parcelamento da cobrança do PED-2015 para aqueles que, entre 2018 e 2019, ficaram sem pagar as contribuições extras devido a decisões judiciais. A opção pelo parcelamento ficará disponível junto com a implantação do Novo PED, o que deverá ocorrer após a aprovação das patrocinadoras, Sest e Previc.

Leia mais acessando o link na lateral esquerda do blog!

Publicado por

Herval Filho

Conselheiro Deliberativo e membro do Comitê de Seguridade de Assessoramento ao Conselho Deliberativo da Fundação Petrobras de Seguridade Social – Petros. Sou um livro com muitos capítulos, com páginas preenchidas, outras em branco e sem muita pressa para chegar ao epílogo.